sexta-feira, 9 de março de 2012

Guerra de patentes foi a salvação da Apple em 1997.

A Apple vive hoje uma batalha judicial em tribunais de diversos países contra fabricantes de telefones Android. Segundo seu biógrafo Walter Isaacson, Steve Jobs declarou: “Eu vou usar meu último suspiro para isso, e gastarei cada centavo dos US$40 bilhões da Apple no banco para corrigir esse erro. Vou destruir o Android, porque é um produto roubado.
Farei disso uma guerra termonuclear.”

Steve Jobs e Bill Gates: os fundadores da Apple e da Microsoft
Todos – ou quase todos – sabem que a Microsoft salvou a Apple da extinção em 1997, dez anos antes do lançamento do primeiro iPhone. O que talvez poucos saibam é que um dos grandes motivos para a Microsoft ter feito essa “caridade” foi uma guerra de patentes. Citando um trecho da biografia de Jobs por Isaacson:

“Eu liguei pro Bill e disse “Eu vou virar o jogo”. Bill sempre teve uma queda pela Apple. Nós o colocamos no negócio dos aplicativos. Os primeiros aplicativos da Microsoft foram o Excel e o Word para Mac. Então eu liguei pra ele e disse “Eu preciso de ajuda”. A Microsoft foi construída sobre patentes da Apple. Eu disse “Se formos aos tribunais, em alguns anos eu ganharia uma indenização bilionária pelas patentes. Eu sei disso e você sabe disso. Mas a Apple não vai sobreviver tanto tempo se estivermos em guerra. Então vamos dar um jeito nisso agora. Tudo o que eu preciso é que a Microsoft se comprometa a continuar desenvolvendo aplicavos para o Mac e um investimento da Microsoft para ter uma participação em nosso sucesso.”

O que aconteceu depois do investimento de US$150 milhões da Microsoft na Apple é de saber público. Foi o que salvou a empresa da maçã da falência e sustentou-a até que começasse a subir o longo aclive que a transformou na empresa de tecnologia mais valiosa do mundo.

Fonte: http://under-linux.org/guerra-de-patentes-foi-salvacao-da-apple-em-1997-4486/#ixzz1od4pbrSD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por comentar