terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Murdoch chama Google de líder da pirataria

Rupert Murdoch estreou há apenas algumas semanas sua conta no Twitter e seus tuítes já estão dando o que falar. Este final de semana, o magnata disparou para todos os lados, reclamando desde o preço de guloseimas vendidas nos cinemas, passando pela Casa Branca e até chegar ao Vale do Silício, mais especificamente na porta do Google.

Durante o “tiroteio” na rede de microblogs, Murdoch escreveu que a Casa Branca está a serviço dos “mestres do Vale do Silício”. Depois, declarou que o Google lucra com anúncios vendidos para empresas que oferecem produtos falsificados e disse que a companhia é a “líder da pirataria”.

Em comunicado enviado para o site CNET, o Google descreveu as palavras do milionário como absurdas. O porta-voz ainda lembrou que em 2011 mais de 5 milhões de páginas de conteúdo duvidoso foram retiradas dos resultados das buscas e mais de US$60 milhões foram investidos na batalha contra a pirataria.

Ainda de acordo com a CNET, os tuítes do empresário foram motivados depois que a Casa Branca anunciou preocupações com os meandros da nova lei contra pirataria atualmente em debate no Congresso e ainda declarou que não vai apoiar nenhum tipo de legislação que possa desencadear a censura na internet.

Conhecido como SOPA (Stop Online Piracy Act), o projeto é considerado rigoroso e tem forte apoio de grandes corporações do setor midiático, entre elas a News Corp., propriedade de Murdoch e estúdios de cinema. Do outro lado da moeda estão as empresas de tecnologia, como Google, Amazon e Facebook, que consideram o projeto uma ameaça à liberdade de expressão.

Fonte, ou melhor, cópia cuspida e escarrada:
http://info.abril.com.br/noticias/internet/murdoch-chama-google-de-lider-da-pirataria-16012012-17.shl

PS: Copiamos os posts de que gostamos. =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato por comentar